Fimec 2021

Artecola apresenta laminados para calçados que reduzem impacto do alto consumo

Linhas com características biodegradáveis estão entre as novidades da empresa, que também oferece couraças e contrafortes produzidos com materiais reciclados e recicláveis.

Artecola apresenta laminados para calçados que reduzem impacto do alto consumo

Se o mercado precisa estimular constantemente o consumidor final com novas coleções de calçados, como contribuir para reduzir o impacto naturalmente gerado pelo consumo? Essa foi a pergunta que a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento da Artecola Química se fez, em conjunto com as áreas Comercial e de Estratégia de Negócios da empresa. “O resultado foi uma linha de laminados muito focada no conceito de inovação sustentável, dentro da visão de Economia Circular, com performance diferenciada em Sustentabilidade”, destaca o Presidente Executivo da empresa, Eduardo Kunst.
 
Entre as novidades, está a linha de Laminados com PET, que utiliza resíduos de garrafas em sua composição. A matéria prima PET é oriunda da coleta de lixo da comunidade do Vale do Sinos. Envolve o trabalho de uma cooperativa de coletores de resíduos, gerando renda e reflexos sociais positivos.
 
A cada 1.000 pares de calçados produzidos com couraças e contrafortes da linha Laminados com PET da Artecola Química representam 400 garrafas PET a menos no ambiente.
 
Além de retirar resíduos do ambiente, os produtos com PET são 100% recicláveis, permitindo o reaproveitamento de todas as aparas geradas no processo de produção. E oferecem alta performance, com maior poder de cópia, maleabilidade (facilidade na aplicação), melhor acabamento na área chanfrada (não marca o calçado), reativação mais rápida e com menor temperatura, toque que prioriza o conforto e melhor acabamento na linha de montagem (facilita o encaixe do salto). 
 
“Estamos avançando em Sustentabilidade quando não apenas reduzimos os nossos resíduos, mas trabalhamos dentro de uma lógica de Economia Circular”, ressalta Kunst. A meta é contribuir para que os ciclos de produtos sejam repensados, saindo do modelo linear de ‘extrair – transformar - descartar’ da atualidade para atingir um padrão que elimina impactos desde o princípio. “Quando atingimos esse nível, conseguimos gerar Sustentabilidade mesmo quando o modelo de negócio necessita de alto consumo, como é o caso do calçado e da moda”, enfatiza o Presidente.
 
A Artecola também leva à FIMEC linhas de laminados produzidas com fonte renovável, assim como linhas que utilizam outros materiais reciclados em sua composição, e ainda couraças e contrafortes com características biodegradáveis.
 
 
A Artecola está presente na primeira linha de calçados biodegradáveis do mercado que promete ser totalmente decomposto em menos de três anos, quando descartada corretamente em aterros sanitários ou composteiras orgânicas residenciais.
 
 
A ARTECOLA - Com 71 anos completados no dia 5 de maio de 2019, a Artecola se insere no grupo de menos de 0,4% das empresas brasileiras (dados do IBGE) que alcançam essa maturidade. Na atual estrutura, a empresa conta com três áreas de negócios: Indústria (com adesivos e laminados especiais para aplicações nos mais diversos segmentos industriais, como calçadista, moveleiro, papel e embalagem, automotivo e construção civil), retail/varejo (através da marca AFIX®, oferece um portfólio completo em soluções para construir e reformar, atendendo tanto o especialista como o usuário do "faça você mesmo"), e Extrusão (chapas termomoldáveis diferenciadas, de alta performance e sustentáveis para os segmentos automotivo, moveleiro, sanitário e de equipamentos).
 
No Brasil, a empresa mantém unidades no Rio Grande do Sul e em São Paulo, e está presente em outros cinco países da América Latina (Argentina, Colômbia, Chile, México e Peru), com um total de nove plantas produtivas. A visão para o futuro próximo é clara: Ser reconhecida por suas soluções diferenciadas, desenvolvimento sustentável e sólida reputação. Mais informações podem ser obtidas em www.artecolaquimica.com.br e nas mídias sociais da Artecola Química.


Fonte: Assessoria de Imprensa Artecola
 

Mais Notícias

02 Abr 2020

Governo adia para maio novo modelo de ICMS para empresas calç ...

Conversas para ajustes no texto do decreto foram paralisadas por causa da Covid-19. Prorrogação permite tempo para finalizar as alterações necess ...

CONTINUE LENDO
28 Mar 2020

Calçadistas se reinventam no combate ao coronavírus

Empresas catarinenses e gaúchas doam máscaras

CONTINUE LENDO
VER TODAS NOTÍCIAS
Patrocínio
Apoio Institucional
Apoio Institucional
Realização