Fimec 2018

Exportações aceleram na Fimec

Exportações aceleram na Fimec

O segundo e penúltimo dia da 40ª Fimec, foi de grande movimentação nos corredores e intensa troca de informações entre expositores e visitantes. Nesta edição, o destaque do evento ficou por conta da grande quantidade de compradores internacioanis que visitam a Fimec em busca de inovações tecnológicas para produção de calçados, bolsas e artefatos. Com a alta do dólar, o evento virou palco para várias negociações, recebendo um expressivo público da América Latina. “A Fimec está sendo um respiro para a economia, já que reunimos público qualificado e uma grande parcela de estrangeiros, prontos para fechar negócios com as indústrias daqui”, ressalta o diretor-presidente da Fenac, Elivir Desiam.
 
Juli Crasnhak é gerente comercial da ISA Indústria de Tecnologia e Inovação, que está trazendo para o mercado um equipamento moderno que otimiza a produção do calçado, em termos de processo e tempo, ganhando mais qualidade e padronização. “Estamos dentro das expectativas, concluindo negócios em sua grande maioria com visitantes estrangeiros”, comentou Juli. A máquina da ISA é de interesse do peruano Norman Romero, gestor da empresa Chosica, que veio pela terceira vez à Fimec e ressalta que é sempre uma ótima oportunidade de conhecer novos produtos e fornecedores. “Estou em busca de novidades no setor de máquinas para implementar em meus calçados segmentados. Já vi várias coisas muito interessantes que posso aplicar em meus negócios”, afirma Norman.
 
Expositor estreante comemora sucesso na Fimec
 
A 40ª edição da Fimec foi a estreia de 41 empresas, que decidiram expor por entender que a feira é um ambiente propício para fomentar os negócios. Entre elas, está a Paramalhas, representante da Stoll no Brasil, trazendo uma inovação tecnológica do tear retilíneo que produz cabedais inteiros para calçados. Com resíduo zero, flexibilidade de desenhos e formas, alta produtividade aliada a preço competitivo, a matéria-prima da máquina já está sendo usada por grandes empresas, e agora, através da exposição da Fimec, começa a chegar até empresários de pequeno e médio porte. “Esse é um produto novo no mercado, que gera curiosidade nos visitantes. É possível fazer todo o projeto do produto em um software de computador, sem qualquer desperdício de material. Além disso, um único operador comanda seis máquinas ao mesmo tempo”, ressalta o diretor da Paramalhas, Carlos Michelin, que está vendo na Fimec uma ótima oportunidade de crescimento nesse setor.
 
A 40ª edição da Fimec acontece até essa quinta-feira, 17, nos pavilhões da Fenac, em Novo Hamburgo, das 10 às 19 horas. 

Mais Notícias

13 Dez 2017

Fábrica Conceito apresentará sistema de automação para cal ...

CONTINUE LENDO
13 Dez 2017

42ª Fimec é sinônimo de tecnologia para calçadistas

Feira profissional acontece entre os dias 6 e 8 de março de 2018

CONTINUE LENDO
VER TODAS NOTÍCIAS
Patrocínio
Apoio
Apoio Institucional
Apoio Institucional
Realização