Fimec 2018

Mercado: Exportações de calçados aumentam em abril

Mercado: Exportações de calçados aumentam em abril

 Mercado: Exportações de calçados aumentam em abril

Fonte: Abicalçados
 
As exportações de calçados podem estar entrando na rota da esperada recuperação. O dólar em patamares mais elevados, apesar da volatilidade cambial, já mostra efeitos nos embarques. No mês de abril, os calçadistas exportaram 8,4 milhões de pares por US$ 69 milhões, números superiores tanto em pares (11,7%) quanto em valores (0,8%) em relação ao mês quatro de 2015. Com isso, no quadrimestre, os exportadores somam 40,26 milhões de pares exportados por US$ 295,83 milhões, resultado 2,7% superior em pares e 4,6% inferior em valores na relação com igual período do ano passado.
 
Destinos

Para Heitor Klein, presidente-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), a recuperação em mercados importantes para o calçado verde-amarelo é outro fato que permite projetar um ano melhor além-fronteiras.
 
Principal destino do produto nacional desde as primeiras exportações, na década de 70, os Estados Unidos importaram 4,47 milhões de pares por US$ 65,66 milhões nos quatro primeiros meses de 2016, números 22% superiores em volume e 17,5% maiores em dólares na relação com igual ínterim do ano passado.
 
Já a Argentina, que recuperou o segundo posto entre os destinos em 2016, registrou incremento de 102% nas compras de calçados, pagando 52% a mais pelos produtos nos quatro primeiros meses. Entre janeiro e abril, os hermanos importaram mais de 2 milhões de pares por US$ 25,73 milhões.
 
O terceiro destino no quadrimestre foi a França, para onde foram exportados 4,23 milhões de pares por US$ 19 milhões, queda de 0,1% em volume e incremento de 1,8% em dólares na relação com igual período do ano passado.
 
Estados
O principal exportador de calçados do Brasil segue sendo o Rio Grande do Sul, estado de onde partiu mais de 36% do total gerado em embarques no quadrimestre. Entre janeiro e abril, os gaúchos embarcaram 8,7 milhões de pares por US$ 127,33 milhões, número 48,2% superior em pares e 13% maior em receita na relação com igual período do ano passado.
 
O Ceará foi o segundo exportador do período, respondendo por 27% do total gerado no período. No quadrimestre, os cearenses embarcaram 15,27 milhões de pares por US$ 78,83 milhões, quedas de 5% em volume e 6% em dólares na relação com o ano passado. No terceiro posto, São Paulo respondeu por quase 14% do total gerado com embarques no período. Entre janeiro e abril, os paulistas exportaram 3,4 milhões de pares por US$ 36,16 milhões, 25,8% de incremento em pares e 15,8% de queda em receita na relação com igual período de 2015.
 
 
Para ter acesso aos dados completos acesse: http://www.abicalcados.com.br/midia/modulo-download/arquivos/14628142593337.pdf

Mais Notícias

13 Dez 2017

Fábrica Conceito apresentará sistema de automação para cal ...

CONTINUE LENDO
13 Dez 2017

42ª Fimec é sinônimo de tecnologia para calçadistas

Feira profissional acontece entre os dias 6 e 8 de março de 2018

CONTINUE LENDO
VER TODAS NOTÍCIAS
Patrocínio
Apoio
Apoio Institucional
Apoio Institucional
Realização