Fimec 2021

Novembro registra aumento nas exportações de calçados

Novembro registra aumento nas exportações de calçados

A exportação parece ser o caminho para muitas indústrias brasileiras seguirem em 2016. Pela segunda vez o mercado de exportação de calçados tem alta em 2015. A primeira ocorreu em março, com um acréscimo de 15,1% em relação ao mesmo mês no ano passado, o que aumentou o otimismo dos exportadores que agora podem analisar os números apresentados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), elaborados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). Segundo os dados, em novembro somente para o Estados Unidos, foram embarcados o equivalente a R$ 17,3 milhões em sapatos brasileiros, o que aponta um aumento de 8,5% com relação ao mesmo período de 2014.  
 
A alta é comemorada e pode significar a volta da exportação, já que o dólar segue elevado, o que torna o preço do produto brasileiro competitivo no exterior. O Rio Grande do Sul segue no topo da lista de estados exportadores, com quase 39% do total exportado nesse período pelo Brasil em valores. Sendo assim, de janeiro até novembro o estado vendeu 17.833.478 pares de sapatos por US$ 325,3 milhões, o que significa um crescimento de 12,4% em quantidade.  
 
Na contramão do crescimento das exportações, as importações apresentaram decréscimo. Em novembro, entraram 1.200.729 pares de sapatos estrangeiros no Brasil por US$ 17,8 milhões, o que representa uma queda de 28,4% em pares e uma deterioração de 39,6% em valor, no comparativo com o mesmo período do ano passado, quando chegaram em terras brasileiras 1.677.038 por US$ 29,6 milhões. Neste cenário, a vinda de representantes de 35 países do mundo à 40ª Fimec, torna a feira ainda mais atrativa para expositores brasileiros, já que é mais uma possibilidade de fazer negócios com possíveis clientes para a exportação e seguir a tendência do mercado.
 

Mais Notícias

02 Abr 2020

Governo adia para maio novo modelo de ICMS para empresas calç ...

Conversas para ajustes no texto do decreto foram paralisadas por causa da Covid-19. Prorrogação permite tempo para finalizar as alterações necess ...

CONTINUE LENDO
28 Mar 2020

Calçadistas se reinventam no combate ao coronavírus

Empresas catarinenses e gaúchas doam máscaras

CONTINUE LENDO
VER TODAS NOTÍCIAS
Patrocínio
Apoio Institucional
Apoio Institucional
Realização