Fimec 2021

Produção de calçados prevê aumento em 2016

O Instituto de Estudos e Marketing Industrial - IEMI Inteligência de Mercado apresentou recentemente dados de uma pesquisa em relação ao calçado brasileiro. Segundo estimativa, a produção de pares deve ser 3,5% maior em 2016, e o consumo se mostra 2,1% superior. Dados como a evolução do consumo aparente e da participação dos importados no suprimento do mercado interno também mostram que o volume fabricado, em 2016, deve chegar a 885 milhões de pares, ante 855 milhões de 2015. O número de importados deve alcançar 28 milhões. E o consumo previsto para o mercado interno é de 780 milhões de pares, enquanto as exportações devem totalizar 133 milhões de pares, com alta de 7,0%.

Produção de calçados prevê aumento em 2016

O Instituto de Estudos e Marketing Industrial - IEMI Inteligência de Mercado apresentou recentemente dados de uma pesquisa em relação ao calçado brasileiro. Segundo estimativa, a produção de pares deve ser 3,5% maior em 2016, e o consumo se mostra 2,1% superior.

Dados como a evolução do consumo aparente e da participação dos importados no suprimento do mercado interno também mostram que o volume fabricado, em 2016, deve chegar a 885 milhões de pares, ante 855 milhões de 2015. O número de importados deve alcançar 28 milhões. E o consumo previsto para o mercado interno é de 780 milhões de pares, enquanto as exportações devem totalizar 133 milhões de pares, com alta de 7,0%.

(Fonte: Jornal Exclusivo)

Foto: Fábio Winter e Lú Freitas

Mais Notícias

02 Abr 2020

Governo adia para maio novo modelo de ICMS para empresas calç ...

Conversas para ajustes no texto do decreto foram paralisadas por causa da Covid-19. Prorrogação permite tempo para finalizar as alterações necess ...

CONTINUE LENDO
28 Mar 2020

Calçadistas se reinventam no combate ao coronavírus

Empresas catarinenses e gaúchas doam máscaras

CONTINUE LENDO
VER TODAS NOTÍCIAS
Patrocínio
Apoio Institucional
Apoio Institucional
Realização